Papel Digital

07/07/2009

I have to go now. Tchau!

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 6:34

Ando sem energia para discordar das pessoas. Aliás, para discordar não é necessário energia, pois é um processo interno e praticamente instantâneo, dependendo do assunto. A falta de energia é para argumentar mesmo, para explicar meu ponto de vista, para me fazer entender, o que, até na teoria, soa cansatiiiiivo. Por isso, vou parar de postar aqui, ao menos por um tempo. Não que essa resolução vá fazer uma diferença significante no número de posts publicados ultimamente, mas, desta vez, estou avisando.

Comunicar é um ato de persuasão. O que não quer dizer que se busca unanimidade, até porque o próprio fato da pessoa abrir a cabeça para novas ideias proporciona crescimento. Mas se não bhá nem paciÊncia nem vontade de levantar um dedo pelo seu ponto de vista… what’s the point?

De qualquer forma, só para avisar.

beijos e continuarei visitando, só não comentando: meu computador de casa morreu há uns dois meses, sem previsão de substituição, e no tronco os comments são bloqueados. C’est la vie, people!

22/06/2009

Falando para ninguém – mas, ainda assim, falando!

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 12:16

Então, vim olhar isso aqui e me dei conta de que não escrevo desde abril. ABRIL! Pois é. Não é por nada que Engraçadinha já até cansou de me xingar…

Primeiro foi a falta de tempo, depois a falta de organização e de inspiração. Depois, a falta de vontade de escrever sobre umas histórias e, ao mesmo tempo, a certeza de que tudo que eu escrevesse que não fosse sobre o assunto seria fútil. – eu, crente que tenho material para ter conflitos psico-editoriais. RÁ!

Anywayzzzzzzz

Mas, indo ao que interessa (ou não, rs):

1 – É São João de novo. Meu sonho é que inventassem fogueiras sem fumaça!!!!!!!

2 – Quando você menos espera, você enxerga a possibilidade de se transformar naquele ser humano que você jurava que não iria ser.

3 – Educar é como jogar xadrez. Se você fizer algo sem pensar uns quatro passos à frente, corre o risco de perder seu rei.

4 – PARABÉNS!!!!!! Todo mundo agora é jornalista!!!!! 😀 Coleguinhaaaas, que País é esse, que despreza tanto a Comunicação, o ato de comunicar, que acha que uma formação universitária é dispensável!!!!!!!!!!

5 – Sou a favor de que o diploma de Direito não seja exigido para advogar, ou mesmo para exercer qualquer carreira jurídica. Aí, ao invés de 4, terei 9 anos de esforço menosprezados 😛

bjs, fui!

23/04/2009

Burguesinha

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 6:46
Tags: , ,

Vai no cabelereiro, no esteticista, malha o dia inteiro, vida de artista… Saca dinheiro, vai de motorista no seu carro esporte, vai zoar na pista!
Final de semana na casa de praia… só gastando grana na maior gandaia! Vai pra balada dançar bate-estaca com a sua tribo até de madrugada.
Burguesinha, burguesinha, burguesinha burguesinha: só no filé.
Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha: tem o que quer!
Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha: do croissant!
Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha: suquinho de maçã…
(Burguesinha – Seu Jorge)

Bom, a pessoa pode sonhar, certo? rsrsrs

08/04/2009

Ms. Hyde

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 13:20
Tags: , ,

Eu ando um ser humano péssimo. Ando impaciente, intolerante, invejosa e mazinha. Eu não era assim, juro. Era uma pessoa boa. Bobinha até, de tão boa. O pior de tudo é ter consciência plena e instantânea das merdas que venho falando, no exato momento em que elas estão saindo da minha boca. Esta, por sua vez, parece ter vida própria ultimamente, não importa quantas vezes eu tente fazer uma quase posição de lótus na minha mesa de trabalho, enquanto mentalizo “energia má, saaaai de mim, energia negativa, não me afete, energia boa, circuuuule”. Isso quando não estou pedindo a Deus que me dê paciência, ou torcendo minhas tripas para praticar o silêncio de Maria. Boca fechada não espalha raiva no universo. Mas tá difícil, tá complicaaado. E não, não é TPM. Segundo minha irmã, é a falta (mas me recuso a ser tão pequena e estar um monstrinho por conta disso… certo?)

Como até criança sabe que o bem vence o mal, espanta o temporal, quando eu superar essa fase vou ter que partir para um dos doze passos dos AA, o de pedir desculpas. Djisus ajude que seja logo, afinal, é quase Páscoa!

30/03/2009

Lei do Caminhão de Lixo

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 13:22

Quase nunca encaminho mensagens que recebo por e-mail, muito menos as publico aqui. Mas esta teve um timing tão, TÃO perfeito que merece ser reproduzida. Então, lá vai:

“Um dia peguei um taxi e fomos direto para o aeroporto. Estávamos rodando na faixa certa quando de repente um carro preto saiu do estacionamento na nossa frente. O motorista do taxi pisou no freio, deslizou e escapou do outro carro por um triz! O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós. O motorista do táxi apenas sorriu e acenou para o cara. E eu quero dizer que ele o fez bastante amigavelmente

Assim eu perguntei: “Porque você fez isto? Este cara quase arruína o seu carro e nos manda para o hospital!” Foi quando o motorista do táxi me ensinou o que eu agora chamo “A Lei do Caminhão de Lixo”. Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo. Andam por ai carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, e de desapontamento. A medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar, e às vezes descarregam sobre a gente. Não tome isso pessoalmente. Apenas sorria, acene, deseje-lhes o bem, e vá em frente. Não pegue o lixo delas e espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa, ou nas ruas.

O princípio disso é que pessoas bem sucedidas não deixam os seus caminhões de lixo estragarem o seu dia. A vida é muito curta para levantar cedo de manhã com remorso, assim… Ame as pessoas que te tratam bem. Ore pelas que não o fazem. A vida é dez por cento o que você faz dela e noventa por cento a maneira como você a recebe!”

Porque não sou saco de pancadas de ninguém e, de verdade, acho que não mereço tanta grosseria. Mas entendo que as pessoas, às vezes, não conseguem se controlar.

18/03/2009

Tchau, Clodô

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 7:31

A minha lembrança mais viva de Clodivil é dele desenhando vestidos chiquéeeeeerrimos num programa de tv, numa coisa tipo BEM anos 80 (até porque eram os anos 80, rs).

 Ele era direto e divertido, um luxo. Que Deus o receba.

17/03/2009

Comments

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 6:10

Não sei por que cargas d’água os comments dos posts passados estão off. Qualquer coisa, comentem aqui.

16/03/2009

BBBosta

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 18:01
Tags: , ,

Mais um hoje, só pela idignação.

Com certeza, vocês ouviram falar no caso da menina pernambucana de 9 anos que engravidou de gêmeos após ser estuprada pelo padastro durante 3 anos. Pois Ana Maria Braga calhou de perguntar aos “heróis” o que eles achavam do aborto feito pela menina (autorizado pela justiça), e Max soltou a seguinte pérola:

“É uma questão de cultura, o Nordeste tem essa coisa de fazer sexo com bicho, com animal. É uma questão cultural e acontece muito com as pessoas menos instruídas.”

 Só duas, aliás, três considerações sobre o comentário:

1. COMO ASSIM ele colocou no mesmo nível violência sexual contra uma criança e  sexo com animais?!

2. COMO ASSIM ele, de uma tacada só, conseguiu chamar os nordestinos de ignorantes e zoófilos?

3. Como alguém ainda pode perder seu tempo assistindo a esse BBBosta?!

O Casamento de Rachel

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 17:40

Não, não… Esse não é um dos casamentos da minha vida neste ano, mas um filme a que assisti no final de semana. Assisti e recomendo!

Rachel vai casar e tudo parece perfeito até que sua irmã problemática Kym tira uma folga da reabilitação para prestigiar o evento. Kym chega causando uma série situações constrangedoras – não de propósito, mas porque os dramas vividos pela família insistem em não caber dentro dela.  AVISO: não é comédia romântica, é um filme denso que, apesar disso, mostra a delicadeza das relações humanas, e como uma tragédia familiar pode afetar o rumo de casa pessoa. Destaque para a relação de amor imenso entre Kym e seu pai… Linda.

Mais informações AQUI

PS. Só não entendi o samba do crioulo doido que foi a cerimônia e a festa de casamento de Rachel. Ela e as madrinhas usaram saris (aquele traje indiano), e a única coisa que combinava com eles era o bolo, branco e azul, com um elefante em cima (!). Houve vários elementos da cultura africana. A música foi Reggae. E pop. E rap. E R&B. Do nada, surgiu uma bateria de escola de samba com duas passistas! Sim, duas passistas. Para finalizar, música de orquestra. Hein?!

12/03/2009

Bolo de Noiva

Filed under: Sem-categoria — julianamicasi @ 12:22
Tags: ,

Comediazinha seção da tarde. Todos ao redor da protagonista estão se casando (ela, claro, não tem nem namorado), e as conversas, que antes giravam em tono de baladas, amores, livros e sexo, agora se resumem à buffet, forminhas, decoração e sexo (este, ou sua falta, é pauta permamente). Não pode faltar a cena em que uma amiga da família, cujo nome a protagonista nem se lembra, pergunta se ela está namorando. Diante da resposta negativa, a senhora faz aquela cara de piedade e, em um tom de força e encorajamento, segura sua mão e consola “-não se preocupe, querida! O que é seu, está guardado”. Enquanto isso a protagonista, mortificada, pensa se passa mesmo a impressão de estar assim, tão desesperada.

É rocha, amigos.

Para o meu papel, quero Guta Stresser.

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.